LeiriaCon‎ > ‎

A Convenção

O sábado mais longo daquele Inverno de 2007 viria a ser a primeira LeiriaCon de que há memória. A sala exígua do IPJ de uma  Leiria com 50 habitantes ainda não se chamava LeiriaCon mas, o futuro assim a batizou. O primeiro passo da evolução passou pelos comes e bebes feitos à mão pelos escuteiros locais e pela provação de horários quase ilegais para um edifício público estar aberto.

A internacionalização do evento apareceu depois, num ano diferente dessa mesma sala exígua do IPJ de Leiria. Estávamos em 2008 e, negociar o espaço pelo segundo ano consecutivo, tornou-se mais simples. Trazer um dos renomados autores de jogos do mundo foi um sucesso absoluto. Mac Gerdts visitou o Castelo da cidade e ficou fã e amigo.

Para as convenções seguintes já o IPJ se mostrava pequeno e a organização procurava mais e melhor. Numa tarde de nevoeiro, depois de um almoço irrepreensível, surge a hipótese de mudar a LeiriaCon para a Quinta do Pinheiro, Nazaré: espaço maravilhoso para jogadores e herdeiros, cavalos e patos num encontro internacional já de cerca de 300 pessoas.

Da carolice de meia dúzia de gatos pingados, com algum suor e muita sorte,  faz-se um inesquecível encontro de jogadores/amigos/conhecidos virtuais que se juntam para um fim-de-semana de Janeiro (sempre o último) para jogar jogos de estratégia. Centenas de jogos para gostos e feitios de centenas de jogadores, experientes e caloiros, que só querem passar um tempo bom. E passam!

Bem-vindo à LeiriaCon, o teu encontro de jogos anual. Sempre no último fim-de-semana de Janeiro. Sempre! Quinta do Pinheiro, Nazaré!

  • Tudo sobre a LeiriaCon AQUI