Opinião‎ > ‎Nada Pessoal‎ > ‎

Civilização - ascensão e quedas

Publicado a 27/02/2011, 09:59 por Nuno Sentieiro   [ atualizado a 27/02/2011, 13:51 ]
Muitas horas de jogo este fim-de-semana. Apenas quatro jogos, três deles novos. 


Sid Meier's Civilization - Com uma arte e apresentação típicas das super produções FF, o jogo apela aos sentidos, com algumas mecânicas euro bem encaixadas num motor de civilização déjà vu... As primeiras 2 horas de descoberta do jogo são muito entretidas. O pior é quando descobrimos os "bugs"/características das diferentes civilizações, a verdadeira força da má e demasiado importante mecânica de combate e, sobretudo, que ainda faltam X horas para acabar... se não fosse tão longo e repetitivo talvez disfarçasse estes defeitos, mas assim, tornou-se entediante e penoso o arrastar para o final do jogo... 

Não é para mim...


London - Confirma-se como uma das desilusões do ano... tinha tudo para ser bom (sentimento civ, pobreza, uso das cartas) mas não é. Apenas um solitário aborrecido que estragou mais um grande tema. Pena...  

 
Constantinopolis - Bom jogo na essência. Bonitinho como tinha que ser. Só que já todos o jogámos...
Algumas características originais, navegação e leilão de ordem e bónus de turno só que nada elegantes... 
Cubinhos por cubinhos... 
Demasiado euro, seco, sem transições...
A FF tentou mais uma vez uma abordagem a outro mercado e tipo de jogo, mas desta vez atirou ao lado -  "isto" não é um Tribune...

Mais do mesmo. 


Moongha Invaders - Puro Caos... se consciente disso, e num humor esporádico, pode ser opção...
Algumas mecânicas bem originais misturadas com baldes de dados... 
Se não for levado a sério pode ser bem divertido... mas só isso. 


Para a semana há mais... de preferência, melhor.


Comments