Top 5‎ > ‎2009‎ > ‎

Regras para ler na casa de banho



Nesta segunda semana, e porque estamos numa época que, enfim, é porreira por causa das mini-férias - o carnaval - vamos apresentar um top 5 que, esperemos nós, seja muito útil a todos: as melhores regras para ler no WC. Acto banal e privado, consciente e de fé (sentarmo-nos despidos numa coisa aberta até ao infinito, é um acto de fé!), os relacionamentos que todos nós mantemos com o WC são, para muitos de nós, especiais. Momentos únicos de temperança e disponibilidade, relaxamento e conforto.

A leitura, para mim, é indispensável quando no local. Há coisas difíceis de manobrar, tais como enciclopédias ou atlas, livros de maior dimensão ou grossura, como o Equador ou o Diplomacia, e há aquelas fugazes leituras de circunstância que, só acontecem, porque a correria ao WC foi mal planeada: os rótulos de tudo o que está ao alcance do braço.
Para um leitor/jogador como eu e, provavelmente, como alguns de vós, a escolha das regras certas pode significar alguns sucessos difíceis de conseguir. A folha A4 é possível de manusear. Se for imprimida e agrafada, não dá tanto jeito mas, se for original, escapa bem. Mas o ideal é aquele tamanhinho A5 (ou ainda menor), com poucas páginas (10/15 minutos de páginas). No fundo, um livrinho leve, manuseável sem dificuldades e que se possa apoiar em qualquer lado quando chegar à altura de ter de ocupar as mãos com outros serviços. Cá vai a lista:

1 - Before the Wind (A5 - 8 pág.) Muitas ilustrações, mas não muito simples de ler. Será para um ida mais desconfortável. Uma ida de nível 3 - [5 níveis].

2 - San Juan (A5 - 11 pág.) Também com muitas ilustrações, peca por ter demasiados edifícios a explicar. Não é preciso lê-los todos para se saber jogar, portanto, será para uma ida, também, de nível 3.

3 - Metro (A5 - 3 pág. ) Para uma situação mais rápida, quase sem dar para aquecer o tampo. Uma coisa simples, resolvida num dia fácil, de nível 1.

4 - Traders of Carthage (A5 - 11 pág.) Este tem muitas páginas mas pouca coisa para complicar. Pode-se ir lendo tudo, devagarinho, porque tem muitas ilustrações. Será de nível 2. Tem ainda a vantagem de nos podermos esquecer do jogo no WC que ninguém sentirá falta. As regras, essas, não servem para resolver problemas de falta de papel porque é um daqueles papéis glossy de 250 gr que espalham muito e não limpam nada.

5 - Antike (A5 - 13 pág.) A escolha destas regras é mesmo para aqueles esforços hercúleos de nível 5. As regras não são difíceis mas, são algumas, e o rondel ainda pode ser uma novidade. Caso seja uma coisa mais pontual e rápida, estas regras não são aconselháveis mas, se pelo contrário, estivermos a falar de uma ida difícil então, é de experimentar.

Nota: evitar sempre levar aquelas regras desdobráveis, tipo Hanging Gardens. Fazem lembrar os mapas das estradas que nunca ninguém consegue voltar a dobrar no sítio certo. Essas regras são de evitar porque são desconfortáveis e, por vezes, exigem que as vejamos na vertical e todas abertas parecendo que estamos a ver a página central da Playboy! É importante evitar confusões no seio do lar.

Para a semana há mais top 5. Uma rúbrica sempre à frente, cobrindo as necessidades de todos.

Comments