Anotações mentais

Quando se joga um grande jogo e se sabe que o mesmo só voltará à mesa, com sorte, daí a uns meses, um novato como eu tem de tomar umas notas para nessa próxima vez se manter á tona um pouco mais de rondas.

Como a malta não vem aqui espreitar posso afinar já a estratégia para o sucesso...

Imperial, 23 de Junho de 2011, 23.00

- não confiar que todos os oponentes irão saber manter a coisa equilibrada até eu perceber as manhas da mesma

- por isso mesmo, não deixar ninguém fazer duas “steuer” seguidas logo a abrir o jogo

- jogar com o tabuleiro do lado em inglês

- não cutucar com o Sentieiro

- não apostar na aborrecida Inglaterra quando a Itália e a Áustria são bem mais interessantes

- tapar os ouvidos à voz agoirenta do Inácio

- não ganhar o comando duma nação se não sei o que fazer com ela

- não deixar o banco ao pé do Soledade

Brass, 24 de Junho de 2011, 2.00

- não confiar que os meus oponentes me irão alertar até ao fim do jogo sempre que eu fizer m… asneira

- fazer os empréstimos bem mais cedo

- não dar luta nos barcos ao Soledade, dá uma trabalheira e só vale a pena para o Sentieiro e o Inácio

- não acreditar na inocência do Inácio, no fim ele tá lá!

- seguir as jogadas do Sentieiro, pode não parecer mas ele sabe o que está a fazer

- não me esquecer das tecelagens que edifiquei no tabuleiro

- não perguntar vinte vezes a mesma coisa, a malta cansa-se

- levar um agasalho