Opinião‎ > ‎Guerra de Ideias‎ > ‎

Eu tenho dois (novos) amores

Publicado a 28/03/2015, 15:13 por Carlos Ferreira   [ atualizado a 28/03/2015, 15:19 ]
Eu tenho dois amores

Que nada são iguais

Mas não tenho a certeza

De qual eu gosto mais

 

Eu tenho dois amores

Que nada são iguais

Um é abstrato

E o outro tem tema até demais

 

Finalizada homenagem ao Marco Paulo vamos lá então prosar um pouco sobre estes dois amores.


O abstrato é o tash-kalar

Um jogo com regras simples e de explicação rápida mas que tem muito sumo. Como sempre e sendo um abstrato pode não reunir grande consenso e certamente não é do gosto de toda a gente.

A ideia geral é a de uma arena onde figuras míticas lutam pela sobrevivência. As figuras são invocadas e nesse momento ganham vida e fazem certas ações, mas passado este momento passam a ser meras estátuas de pedra sem grande distinção de todas as outras que já existem no tabuleiro. Para os fãs (e os outros) tal e qual como no jogo de xadrez no primeiro livro/filme do Harry Potter.

Existem padrões nas cartas que temos que conseguir no tabuleiro de forma a invocar as criaturas. Além destas cartas existem as cartas de objetivos e quando conseguimos colocar as nossas peças em determinadas situações reclamamos uma dessas cartas. Quando um jogador chega aos 6 pontos ganha o jogo. Isto num dos modos de jogo. Existem outros modos, mas esses ainda não os joguei. Ficam para uma outra altura em que dedique um texto apenas a este amor.

 

O temático é o Wir Sind das Volk!

Um jogo sobre a vida na Alemanha durante o período da guerra fria. Os jogadores vão jogando cartas com eventos de forma a desenvolver 1 das alemanhas e tentando que a sua Alemanha seja mais forte e próspera que a do seu oponente.

Com uma duração de 4 décadas e uma fase especial em cada uma das décadas onde cada jogador vai tentando provar que a sua Alemanha é melhor que a do outro. Num estilo muito, a minha pilinha é maior que a tua.

A revolução é uma ameaça constante em qualquer uma das regiões e os jogadores terão que sobreviver às exigências do seu povo bem como ao olhar de todo o mundo.

A forma como se desenvolvem economicamente e criam bem-estar para o seu povo são fundamentais para que se sobreponham aos seus vizinhos.

Um jogo bem diferente de todos os que joguei até hoje. Definitivamente um jogo inovador e onde as opções que os jogadores enfrentam a cada carta são relevantes e por vezes até agonizantes. Tensão não lhe falta!!!

 Fica prometido um texto para cada um destes jogos em próximas intervenções.

 

Maravilhoso jogão, maravilhoso

Meu companheiro nos caminhos desta vida

Ambos sofremos muitas horas de tristeza

Mas partilhámos os momentos de alegria


Carlos Ferreira



Comments