Opinião‎ > ‎Guerra de Ideias‎ > ‎

Rockwell

Publicado a 20/03/2015, 06:49 por Carlos Ferreira   [ atualizado a 20/03/2015, 07:43 por Carlos Ferreira ]

Na passada quarta-feira (18.03.2015) tive a oportunidade de experimentar o Rockwell.

Começo já por dizer que o jogo não é brilhante, que não é, mas supera o patamar de interessante J

E então lá vamos nós de broca debaixo do braço desbravar este jogo.

Bem a ideia é que representamos uma empresa de exploração e que vamos perfurar a terra para encontrar minerais (ou para os mais puristas, cubos de madeira de várias cores) de grande valor. Com isso vamos ganhando prestigio, que no final dará a vitória a quem tiver mais J Simples.

Já agora e falando em final. O jogo disputa-se ao longo de várias rondas e termina quando a maioria dos jogadores chega ao centro das terra ou quando um jogador atinge um determinado número de “achievements”.

Não me vou debruçar muito sobre as regras. São 12 páginas que se leem muito bem.

Basicamente o jogo é um worker placement. A parte da mineração é a mais interessante e o motor do jogo. Embora não seja cooperativo (longe disso) os jogadores terão que trabalhar em conjunto para poderem rebentar as várias secções da terra.

O jogo é bastante simples mas com alguma estratégia. Fiquei bem impressionado com este título, que confesso que, apesar de já ter ouvido falar, nunca tinha tido sequer a curiosidade de experimentar. Não tem nada de especialmente inovador, mas parece bem oleadinho.

Merece certamente um revisita.

Carlos Ferreira

Caixa de reclamações


Comments